09 fevereiro 2017

Perfil Estiloso: Dona Jandira

Olá, pessoal! Voltei! Para quem acha que eu fiquei de folga, não fiquei, mas prometo contar isso para vocês mais para frente,  ok? Vamos agora com uma marca que eu tenho apreço muito grande pelos criadores. Apresento-lhes Dona Jandira!

Peça confeccionada pelos criadores da marca. Fonte: Acervo pessoal
Movidos pela moda e acreditando na possibilidade de transformação das pessoas através da arte de vestir, o casal Guilherme Carvalho e Urbano Ribeiro criou a marca a cerca de um ano e meio na cidade de Conselheiro Lafaiete. "(Percebemos que) através da moda podemos contribuir com a realização de sonhos, marcando e tornando os momentos da vida únicos, com um gabinete de memórias."

Guilherme Carvalho e Urbano Ribeiro. Fonte: Acervo pessoal
Hoje, morando em Belo Horizonte, Guilherme se divide entre o curso de moda na Universidade Federal de Minas Gerais, enquanto Urbano, já formado pela escola de Moda Denise Aguiar, fica por conta da marca. "A escolha pela faculdade veio através da grade disciplinar que tem nas artes um dos seus pilares para o conhecimento no universo da moda.", justifica Guilherme.

Cliente Dona Jandira usando criação da marca. Fonte: Acervo pessoal
Se engana quem acha que a marca foi criada por uma senhora, Dona Jandira já nasceu levando a história de seus criadores no DNA. "Além de acreditamos nas nossas raízes, e no valor de tudo que é feito com amor e empenho, o nome Dona Jandira, surgiu de uma grata coincidência: nossas avós se chamam Jandira. Nome originário da língua tupi, que "significa produtora de mel, ou aquilo que corre como mel"; Jandira representa exatamente como queremos que a vida e a moda sejam: doces, sustentáveis, fruto de um trabalho minucioso, artesanal e preciosa, que carreguem em cada pedacinho de si a essência de quem as produziu."

Segundo Guilherme e Urbano, suas inspirações vêm da "alta costura, assim como o artesanato, a moda conceitual e tudo aquilo que pode ser transformado". Dona Jandira tem foco nos bordados em linha e pedraria. "Unimos a técnica no desenvolvimento das linhas festa e casual chique". E caminhando nesse rumo, a marca está promovendo cursos de bordado em pedraria em toda Minas Gerais. O curso tem duração de 10 horas e qualquer pessoa pode participar. E quem quiser ganhar a inscrição para esse curso, na cidade de Belo Horizonte, é só acessar o post no Instagram da marca (@donajandiracouture), se inscrever de acordo com as regras e torcer para ser sorteado. Mas, corra, o sorteio é só até dia 15 de fevereiro!


Espero que tenham gostado! E se tiver alguma marca ou estilista que você acha o máximo e que deveria aparecer aqui, comente! Beijo e até a próxima!

04 janeiro 2017

A vez de 2017


O ano... o novo ano... 2017 já começou, há quatro dias para ser exata, mas foi só ontem que eu parei para pensar nos 366 dias passados que chamamos de "2016". Foi só ontem que eu pude notar todas as lições que os doze meses passados me ensinaram.

Factualmente, o ano foi péssimo. Mortes "famosas", acidentes, política e internet, esses foram os destaques da última temporada e disso eu posso dizer que tirei vários arrepios, principalmente, quando eu via o povo brasileiro lutando. Política é um assunto do qual eu não falo muito, mas, em certos casos, eu me orgulho de ser brasileira. E esse assunto eu prefiro encerrar por aqui, se algum dia quiser conversar comigo sobre isso, saiba respeitar a opinião alheia antes.

Mas não vim aqui para comentar sobre as notícias que circularam nos jornais, tv's, rádios e internet. Eu vim aqui contar sobre o meu 2016. Um ano parece muita coisa, mas quando chega dezembro parece pouco. Assim como os últimos anos, esse também foi um que correu e eu também corri - acredito que esse foi um dos motivos que eu só tenha parado para pensar nele agora.

Desde de 2014 eu venho pulando de galho em galho, 2016 não foi diferente. Nova casa, novas housemates. Morar com mais gente desconhecida do que estava acostumada pode ser complicado, mas me surpreendi ao ver o quanto a criação recebida pelos pais interfere nisso, aliás interfere em tudo! E é aí que eu agradeço aos pais de duas pessoinhas especiais, vocês fizeram um trabalho excelente! Por outro lado, tem alguns que foram reprovados, a eles apenas meu lamento. Aos meus pais, meu muito obrigada. Eu tenho a agradecer a eles bem mais do que eu imaginava e me desculpar por todas as vezes que eu os afastei. No último ano pude perceber o quanto vocês ainda podem me ensinar, o quanto eu tenho a aprender e o tanto que vocês fazem falta.

~é nessa hora que eu agradeço por esse ser um post escrito e não em vídeo como eu pretendia, porque segurar as lágrimas é impossível, haha~

Não foi um ano fácil, admito. Conhecer a pior face do ser humano assusta. Sentir na pele o que é uma traição também não é nada agradável. E então você percebe que seguir sua intuição é o mais seguro e que, apesar de estar sujeita a tudo, você não é obrigada a nada. Como eu costumo dizer e ouvir, minha mãe não me pôs no mundo para passar por certas coisas e são dessas coisas que devemos nos afastar. Pessoas tóxicas, relacionamentos abusivos, cansaço físico e psicológico e mais, infelizmente, ainda há muito mal por aí e eu aprendi a me esquivar deles - evitá-los parece possível só para os super herois. Em partes é bom viver isso quando ainda é jovem, te rouba a inocência, mas te faz mais forte e pronto pro mundão afora. E novamente eu agradeço por isso. Estranho agradecer por algo ruim, né?! Acredito que tudo é questão de timing, preparação e divindade - ou destino, como preferir acreditar. Quer dizer, eu tinha que passar por aquilo naquele momento porque eu já estava preparada e teria que passar por aquela fase de qualquer jeito. É algo inevitável e do qual sou grata, pois me fez crescer e avançar na vida.

Não só de coisas ruins é feito um ano e nesse último acredito que tive mais coisas boas do que más, ou pelo menos foi isso que eu consegui tirar dele. Foram as pessoas que eu conheci, as situações que eu pude viver e o sucesso que eu pude alcançar que fez de 2016 um ano de superação. Para alguns, invejosos talvez, pode não ter sido nada, mas para mim foi dessa superação que eu tive forças para continuar e é disso que eu me orgulho.

Eu não sei como vai ser 2017. Eu nunca traço metas quando chega um ano novo, mas eu resolvi mudar um pouco o modo de fazer as coisas (mais um presentinho que ganhei do ano velho). E eu espero que este ano eu possa cumprir minhas metas - quem sabe superá-las- e aprender muito com as situações inesperadas para que, no próximo 31 de dezembro ou 4 de janeiro, eu possa agradecer pelo ano que passou.

A você que me acompanha por aqui, por alguma rede social ou mesmo pelo meu dia-a-dia, muito obrigada!

05 novembro 2016

3º dia EBMSM e da 6º Feira de Noivas

Oi gente! Tudo bom?O feriado foi prolongado aqui no blog e, por isso, não teve post, haha. Mas vamos com tudo hoje, porque é sábado e o look que usei pode ser uma dica para quem vai sair hoje à noite. Infelizmente, o primeiro Encontro de Blogueiras de Moda do Sul de Minas e a Feira de Noivas de Varginha já acabaram e este é o último post sobre esse evento que já deixa saudades.

No último domingo, dia 30, as blogueiras que puderam comparecer - muitas eram de cidades vizinhas e não puderam ir em todos os dias, mas irei deixar todas linkadas nas legendas das fotos - apresentaram um look da loja parceira.

Aryanne Andrade, Sabrina Geraldeli, eu e Rafaela Verena. - PH: Márcio Freitas

Sabrina Geraldeli, eu, Bruna Chagas, Rafaela Verena, Mah Oliveira, Aryanne Andrade. - PH: Brunno Santos

Eu apresentei um look da coleção de inverno 2017 da Charry (@modacharry) para a loja Simonis Modas de Varginha. A Ana Carla foi minha modelo por um dia (obrigada, linda!) e ela trouxe várias tendências num look basiquinho. O conjunto usado era de veludo "molhado", tecido que vai ser hit no próximo inverno. Aproveitando o efeito dado pelo tecido, a cor escolhida foi prata, afinal os metalizados começaram com tudo nesse verão nos calçados e se estendem às outras peças do look na próxima estação. O verniz e os sapatos oxford ainda irão continuar com tudo também, assim como os conjuntinhos que, aos poucos, as pessoas estão aderindo.

PH: Márcio Freitas
PH: Thibé Fotógrafo

O look escolhido para o último dia foi um vestido preto e branco da @flordocaribe_oficial. Eu não tenho o que falar desse vestido, ele é maravilhoso! Vestiu super bem e quem via de frente achava que era um conjunto, o que dá mais segurança para quem não gosta de usar duas peças. É uma peça que deu o que falar, pois faz a linha "sexy sem ser vulgar". Amei! Obrigada @simonis_modas!

PH: Gabryella Carvalho

PH: Gabryella Carvalho
PH: Gabryella Carvalho
Eu quero agradecer todo mundo que compareceu à Feira de Noivas e acompanhou tudo de pertinho comigo, à Imaculada que organizou a Feira e o Encontro de Blogueiras, à minha mais nova fotógrafa favorita que vai sempre aparecer por aqui, a Gaby (confiram o Flickr dela!), à Simoni da @simonis_modas e ao fotógrafo Márcio Freitas por ter feito tudo isso acontecer. A vocês meu muitíssimo obrigada e um beijo enorme!

O post de hoje fica por aqui! Até a próxima! Beijinhos!